quinta-feira, novembro 22, 2007

A sinalética


Quando, ontem, afirmei que os portugueses eram uns grandes maganões, juro que não estava a brincar. São, de facto, muito brincalhões!

E, a prová-lo, aí está uma notícia que foi divulgada recentemente. O líder do PSD, Luís Filipe Menezes, anunciou publicamente os seus planos políticos que o levarão ao poder em 2009, planos que passam, como primeira prioridade, pela conquista da Junta de Freguesia de Caldas de São Jorge, em Santa Maria da Feira.

Segundo Menezes, ganhar a Junta de Caldas de São Jorge significa duas coisas: a primeira é que a vitória do PSD na Junta “castiga de forma irreversível o governo do PS”; a outra, quer dizer que “votar no PSD nessas eleições é também votar no PSD em 2009”.

E sabem qual é o programa de peso que a lista proposta pelo PSD apresentou ao eleitorado? Nada mais que “colocar ecopontos em toda a freguesia, passadeiras em locais perigosos, recuperar o parque escolar e mexer na sinalética”. Um programa bastante ambicioso como se vê e que, à partida, faz da lista laranja uma séria candidata à vitória.

Eu não disse que há pessoas que têm imensa graça?

Muita gente deve ter rido à grande. Mas José Sócrates, entre duas gargalhadas, pode ter ficado bastante apreensivo quando ouviu o líder da oposição afirmar:

“Caldas de São Jorge será a primeira vitória de um ciclo que conduzirá inevitavelmente o PSD ao governo nacional”.


Depois de no seu primeiro discurso, enquanto presidente do partido, Menezes ter proposto uma “nova Constituição da República”, agora sai-se com esta de que vencer em Caldas de São Jorge o vai levar directamente para S. Bento.


Ninguém sabe ao certo se ele está a falar a sério ou anda apenas a lançar a confusão. Mas que o princípio de que uma eleição para uma Junta de Freguesia pode ser o início de uma escalada que o conduzirá até primeiro-ministro é, no mínimo, bizarro.

Sócrates que se cuide. Não só porque corre o risco de ser substituído por “um político de grande visão e perspicácia” mas, sobretudo, porque esse político já tem em marcha um plano que ameaça alterar a sinalética nacional.




1 Comments:

At sexta-feira, novembro 23, 2007 1:18:00 da tarde, Blogger Porcos no Espaço said...

Para quem se questiona onde é que humoristas "vão buscar estas coisas", aí está a resposta.

A realidade consegue, por vezes, superar a ficção (especialmente a comédia). E a nossa realidade é riquíssima nesse aspecto.

Tenho a impressão de que muitos sketches já aparecem feitos.

 

Enviar um comentário

<< Home