sexta-feira, janeiro 15, 2010

Desassossegos


Hoje vou ser politicamente incorrecto e, de certeza, ignorante. E tudo porque não me entra na cabeça que uma pessoa que é ameaçada e roubada e que, em legítima defesa, responde para proteger a sua integridade e os seus bens, seja acusada de crime e se arrisque a ir parar à choldra.



Foi o que aconteceu, há dias, a um certo ourives que viu invadida a sua loja por um grupo de meliantes e que teve a “infeliz” ideia de resistir às ameaças e ao roubo do ouro que tinha para venda. Reagiu com a sua caçadeira aos tiros disparados pelos assaltantes e atingiu um dos bandidos que veio a falecer.



O que sobressai desta história é que a quadrilha em questão fez um assalto, ameaçou, roubou a ourivesaria e dois carros por carjacking e o Ministério Público acusou os quatro patifes por três crimes de roubo agravado e posse de arma proibida, ficando três em prisão preventiva e um em prisão domiciliária.


Já o pobre ourives foi acusado de homicídio privilegiado, um crime previsto na lei para os casos em que a actuação surge num estado de “emoção violenta e desespero” e que é punível com prisão entre um a cinco anos.


E a minha estupefacção é tal que me interrogo como deverei agir se um dia vier a ser assaltado ou puserem em risco a minha vida, dos meus familiares ou amigos? Deverei ficar quietinho à espera que os malandros sejam apanhados e condenados a uma pesada pena … suspensa, ou posso pensar - se tiver coragem e meios suficientes para tanto - em dar uma valente sova a esses indivíduos?


Como disse, não me conformo com este tipo de situações. Pessoas que não pediram para ser assaltadas, molestadas, violentadas a serem condenadas a penas que, no limite, podem ser mais pesadas ainda das que as dos próprios assaltantes e agressores.


E vocês, meus amigos, não ficam inquietos?


2 Comments:

At sexta-feira, janeiro 15, 2010 4:48:00 da tarde, Anonymous Vexata said...

Só tenho pena que o legislador e o juiz embrulhados neste assunto não sejam também eles roubados pelos mesmos tipos!

- Chega de tretas, mais tarde ou mais cedo, quem comete crimes vai ter de começar a pagar efectivamente por isso.

Claro que vamos arranjar mais prisões, claro que civilizadas, com as "mínimas condições de salubridade física e mental". Mas desta vez o presos terão de pagar, com trabalho efectivo, os custos do alojamento, quer queiram ou não queiram, porque isso é a Formação para a vida em civilização.

 
At domingo, janeiro 17, 2010 4:16:00 da tarde, Anonymous anocas said...

Fico não só inquieta como também revoltada !
Qualquer pessoa vítima de assalto, violência ou crime nunca deve agir em defesa própria, porque correrá o sério risco de sofrer uma pesada condenação a somar aos danos já sofridos de que foi alvo.
E assim vai a "Justiça" neste país...

 

Enviar um comentário

<< Home