sexta-feira, fevereiro 03, 2012

Comer pouco e devagar



Hoje trago-vos duas “receitas” que poderão ajudar a conseguir um espírito jovem até a uma idade avançada e a ter um peso corporal bastante mais saudável. E não se trata de mais uns estudos, dos muitos que nos chegam todos os dias. Então, quais as soluções propostas?

- Comer pouco poupa o celebro - Cientistas italianos descobriram que comer menos ajuda a manter a mente jovem. Uma dieta frugal pode preservar o celebro dos estragos da idade, já que desencadeia uma proteína que activa uma série de genes associados à longevidade, melhorando as capacidades cognitivas e de memória e diminuindo a agressividade e a tendência para ter Alzheimer;

- Comer devagar – Uma investigadora portuguesa, Júlia Galhardo, ganhou um prémio internacional ao descobrir que comer devagar faz diminuir significativamente o índice de massa corporal. Por outras palavras, comer devagar faz com que se fique saciado mais depressa e, portanto, não se ganhe peso.

Propositadamente não entrei em especificações técnicas de ambos os trabalhos. O que me pareceu mais relevante é que as conclusões a que chegaram são simples e do mais elementar bom senso. Terminada ainda há pouco uma época em que cometemos alguns excessos alimentares, é tempo de reatar (ou começar) as boas práticas, tendo em vista a nossa saúde. E seguindo um princípio básico: comer pouco e devagar.