quarta-feira, fevereiro 11, 2015

"Vivá" liberdade



Ao certo não se sabe bem o que é (e o que significa) a liberdade. A definição que mais comummente se ouve é aquela que diz: "a Liberdade significa o direito de agir segundo o seu livre arbítrio, de acordo com a própria vontade, desde que não prejudique outra pessoa. É a sensação de estar livre e não depender de ninguém. Liberdade é também um conjunto de ideias liberais e dos direitos de cada cidadão". Mas isto, sendo verdade, não passa de uma teoria que nem sempre tem aplicação prática. Se não vejamos ...

Então não é que um senador norte-americano defende que os trabalhadores da restauração devem ter a liberdade de não lavarem as mãos quando em serviço. Segundo ele: "Deixemos a indústria ou negócio decidir, desde que eles divulguem essa decisão... desde que essas empresas assumam publicamente que não exigem aos seus empregados que lavem as mãos depois de usar a casa de banho. O mercado tratará disso", sugeriu.

Era o que mais faltava, deixar ao cuidado dos mercados uma situação de saúde pública, que é disso que se trata. Tanto mais que temos más experiências quanto a essa questão dos mercados. Liberdade sim, naturalmente, mas quando estamos a falar de higiene em trabalhadores de cafés e restaurantes talvez seja melhor não exagerarmos ...