terça-feira, maio 05, 2015

Amigo Loureiro, venha de lá um Abraço ...



A não ser que a amizade (a AMIZADE a sério) tenha falado mais alto, parece inacreditável que o Primeiro-Ministro tenha feito um rasgado elogio público a Dias Loureiro. Mesmo atendendo a que Loureiro estava na sala daquela queijaria, em Aguiar da Beira, que Passos Coelho tinha ido inaugurar e que ele até é natural da terra, o encómio é demasiado estranho e fere-nos os ouvidos.

Disse Passos:

"conheceu mundo, é um empresário bem-sucedido, viu muitas coisas por este mundo fora e sabe, como algumas pessoas em Portugal sabem também, que se nós queremos vencer na vida, se queremos ter uma economia desenvolvida, pujante, temos de ser exigentes, metódicos".

Concordarão que é esquisito ouvir tão vibrante elogio dirigido a Manuel Dias Loureiro, o mesmo que foi secretário-geral do PSD, Ministro, Conselheiro de Estado, Administrador do BPN e detentor de todo um historial que os portugueses bem conhecem. O mesmíssimo Loureiro que na sequência do escândalo BPN e de ter mentido ao Parlamento acabou por se demitir de Conselheiro de Estado e de se afastar da vida política.

E, como referi, ou isto foi um gesto de grande AMIZADE (escusado em público e tendo em conta que a amizade tem limites que certas funções não podem nem devem ignorar) ou Passos Coelho, influenciado pelos vapores do leite na cerimónia de inauguração da queijaria, meteu, uma vez mais, os pés pelas mãos. Bastava - digo eu - que, nos bastidores, tivesse dito "Oh Manel, venha de lá um abraço".

1 Comments:

At terça-feira, maio 05, 2015 5:08:00 da tarde, Anonymous Porcos no Espaço said...

Acho que o Passos levou a Super Bock demasiado a serio. https://www.youtube.com/watch?v=GM6r4ESKMjc

Ou isso ou terá mesmo andado a bebê-la.

 

Enviar um comentário

<< Home