segunda-feira, novembro 09, 2009

A queda da Ministra


Mesmo antes do actual governo tomar posse, já se vaticinava que esta legislatura não deverá chegar ao fim. Segundo alguns comentadores a sua queda será inevitável.


Como que a agourar tal destino, a nova Ministra do Trabalho, Helena André, já se encarregou de protagonizar “a queda”, tendo, ela própria, tomado a iniciativa de cair em plenos Passos Perdidos da Assembleia da República no dia em que se debateu o Programa do Governo. E caiu não uma mas duas vezes.


Dizem que o encerado do chão foi o responsável por tão aparatosos “espalhanços”, mas a verdade é que estas duas quedas podem sugerir algo de premonitório.


Para já, o que se sabe é que a Ministra não se magoou e mostrou grande agilidade a levantar-se, o que pode ser um bom sinal (político) para o Governo a que pertence.


Cá para mim, no entanto, e dado o passado sindical de Helena André, o que o trambolhão significa mesmo é que ela tem queda para a política.