terça-feira, novembro 24, 2009

Se conduzir não beba

A acreditar na teoria que as autoridades insistentemente divulgam, grande parte dos acidentes na estrada são devidos ao excesso de álcool dos condutores. Daí as múltiplas campanhas de prevenção que são lançadas e que andam todas elas, à volta de:


“Se conduzir não beba”,


“Se beber não conduza”,


“Se conduzir, beba com moderação”.


Por isso fiquei surpreendido ao receber uma carta do Automóvel Club de Portugal (ACP) que me pedia para responder a um questionário e que anunciava que em troca da minha participação se propunham enviar-me 4 garrafinhas de vinho tinto. E fiquei tão espantado porquê? Apenas porque o ACP, o mesmo ACP que ao longo dos anos tem sido um dos principais mentores da condução segura e, por extensão, da condução sem álcool, se prepara para oferecer aos seus sócios justamente umas embalagens de uma bebida alcoólica.


Eu sei que se trata de, apenas, 4 garrafitas de 0,25cl de vinho, portanto de 1 litro no total. De qualquer forma, achei curioso que a oferta fosse um produto que pode ser prejudicial à condução e não um qualquer acessório directamente ligado aos automóveis, como se poderia esperar de uma associação de automobilistas.


Bom, mas o ACP ao ser criativo deste modo teve, também, a sensibilidade e a habilidade suficientes para suster as eventuais críticas. Pelo que esclareceu:


“Receba esta caixa grátis


O vinho xxxx é produzido pela Adega xxxx, de xxxx, e apresentado numa inovadora e elegante garrafa de 0,25cl, a medida certa para um correcto consumo individual”.


Portanto, criativo e pedagógico.


Ah, e eu já respondi.



1 Comments:

At segunda-feira, dezembro 07, 2009 11:38:00 da tarde, Anonymous Vexata said...

Não sejamos fundamentalistas, também com o "não beber".
Eu nunca acredito em tolerâncias zero!

Vamos lá ver se poderemos provar a pinga - "moiras" qq. coisa, na medida certa, claro!

 

Enviar um comentário

<< Home