sexta-feira, junho 29, 2012

Meu tempo é quando …


Um bonito poema de Vinicius de Moraes – “Meu Tempo é Quando”

De manhã escureço
De dia tardo
De tarde anoiteço
De noite ardo.


A oeste a morte
Contra quem vivo
Do sul cativo
O este é meu norte.

Outros que contem
Passo por passo:
Eu morro ontem

Nasço amanhã
Ando onde há espaço:
– Meu tempo é quando.


1 Comments:

At segunda-feira, abril 29, 2013 1:48:00 da tarde, Blogger Sara said...

Às vezes, você precisa se sentar para tomar um café a pensar em voz baixa, é por isso que os escritores sempre precisa ser flexibilizada para que eles deixam a melhor idéia que eu acho também algo de bom para eles é se sentar para comer em um restaurantes em higienópolis e escrever .

 

Enviar um comentário

<< Home