quinta-feira, dezembro 10, 2009

Eu não disse?


Quando há menos de 24 horas aqui escrevi “ … agora, que se sirvam do Parlamento para toda a troca de acusações e insultos sem sentido, é intolerável … “ não podia imaginar a “peixeirada” incrível que desabou na primeira audição da Comissão Parlamentar de Saúde.


Não tarda nada que estejamos ao nível dos Parlamentos da América da Sul e da Ásia em que vale tudo incluindo a agressão física.


Ouçam e façam o vosso próprio juízo.


Palavras para quê?




2 Comments:

At quinta-feira, dezembro 10, 2009 9:38:00 da manhã, Anonymous olavretni said...

Louve-se, pelo menos, a dignidade do Deputado do Bloco, João Semedo e da Ministra Ana Jorge. Viram como ela estava envergonhada com tão triste cena?

 
At domingo, dezembro 13, 2009 4:16:00 da tarde, Anonymous Vexata said...

... sabe, eu há pouco estava a perguntar, de onde é que saiu este palhaço, que é o senhor. E sabe porquê? Porque, eu nunca tinha visto um palhaço permanente de uma comissão parlamentar, mas acho que devem ter, devem-no ter eleito exactamente para isso, para nos animar, então é uma espécie de música de fundo, mas na realidade eu tenho de prosseguir, não é verdade? O Sr. deputado tem estado a insultar toda a gente, no regime de total impunidade, portanto eu assumo, eu assumo pela primeira vez, ter chamado alguém na actividade política, um palhaço. (MJNPinto)

- Aqui fica o meu singelo contributo para os textos das actas da Assembleia da Republica.

 

Enviar um comentário

<< Home