segunda-feira, março 01, 2010

Fidalgo Lavrador


A minha mãe contava que quando eu era bebezinho uma vizinha do prédio vaticinava o meu futuro dizendo: “Este menino vai ser um fidalgo lavrador”.


Lavrador não fui mas sinto que de fidalgo devo ter herdado alguma coisa, por pequena que seja, embora sem fortuna.


A minha riqueza consiste no prazer de conhecer pessoas e lugares interessantes. Como aconteceu no passado sábado em que fui almoçar ao Hotel Olissipo Lapa Palace, mais conhecido pelo Hotel da Lapa, em Lisboa.


Este ano alinhei de novo no desafio de ir almoçar/jantar a alguns restaurantes mais “in”, daqueles que participam na 3ª edição da Lisboa Restaurant Week by “Sabor do Ano” e que a troco de uns acessíveis 20 euros (19 para o restaurante e 1 para uma Instituição de Solidariedade Social) servem uma refeição completa, cheia de requinte, dentro de aquilo que normalmente se conhece como cozinha de autor.


É verdade que nem sempre as refeições correspondem aos mínimos que cada um estabelece como aceitáveis. Alguns chegam a provocar umas sonoras gargalhadas e uma vontade enorme de entrar no Mac mais próximo. Não foi o caso desta vez.


O Hotel da Lapa é um lugar muito agradável e sofisticado e o almoço foi simpático.


Começámos por uma


“Terrina de Fígado de Aves com Cogumelos Selvagens e Salada Fresca, Compota de Tomate Verde e Vinagrete de Citrinos”,


avançámos por uns


Lombinhos de Porco com Duxelle de Girolles em Massa filo, Cama de Grelos e Batatas Sautée”


e terminámos com um


“Parfait Exótico com Salada de Manga e Sorvete de Coco”.


Ainda provei uma outra sobremesa, “Flan Quente de Chocolate “Guanaja” com Coração de Framboesa e Gelado de Lavanda”.


Toda a refeição foi acompanhada com um excelente vinho branco geladíssimo e rematámos com café e uns “petit four” deliciosos, estes, oferta do restaurante.


Num dia desagradável de tempestade a pedir recolhimento, foi uma refeição perfeita, num ambiente requintado, com música ambiente de bom gosto e um serviço sem qualquer mácula, eficiente e simpático.


Se ainda forem a tempo (alguns esgotam num instante) vale a pena deixarem-se tentar por alguns dos restaurantes que participam nesta semana gastronómica. O preço é acessível, acabamos por contribuir para uma causa social e, caramba, nós também merecemos estes pequenos “luxos”, mesmo que não sejamos “fidalgos ou lavradores”.


De 24 de Fevereiro até 6 de Março


restaurantes.aospontos.com


1 Comments:

At segunda-feira, março 01, 2010 12:45:00 da tarde, Anonymous Vexata said...

Mas que atrevimento, é que são 12:40h, não são horas de apresentar esses "Lombinhos de Porco com Duxelle de Girolles em Massa filoir", quando me preparo para ir ao refeitório, trincar um qualquer "bitóque sem ovo por causa do colestrol"

Que te faça bom proveito!

 

Enviar um comentário

<< Home