quarta-feira, setembro 17, 2014

Comunicação precisa-se ...



"Não é por acaso que casais veteranos, juntos há muitos anos e que já esgotaram todas as soluções de conversa e entretenimento a dois, seguem o seu caminho para o restaurante mais próximo: porque sabem que, no meio do silêncio mastigado, um deles irá, a dada altura, atirar a preciosa tábua de salvação que é a frase “isto está bom, não está?”".


O texto acima, retirado de uma crónica bem-humorada de Nuno Markl, retrata, de alguma forma, o amor dos portugueses pela comida e pela mesa. Para mim, no entanto, ele traduz sobretudo a falta de comunicação existente em casais que vivem juntos há muito.

Ainda há poucos dias assisti ao silêncio ensurdecedor de um casal que jantava numa mesa próxima da minha e que “conseguiu” passar toda a refeição sem trocar um olhar ou uma palavra que fosse. Notava-se um profundo vazio de convivência e em nenhum deles me apercebi que houvesse essa necessidade. E sabe-se bem como uma das chaves do sucesso de um casal é precisamente a comunicação. É que nem lhes consegui ouvir, num murmúrio que fosse, “isto está bom, não está?".