sexta-feira, julho 03, 2009

Só mais uma coisinha sobre… Manuel Pinho


Peço desculpa por voltar ao tema mas o "gesto" do Ex-Ministro da Economia passou depressa de "extraordinariamente lamentável" para tema principal de toda a oposição e da maioria dos analistas de serviço. Por isso, merece mais um pequeno comentário. Como se previa, não bastaram as desculpas apresentadas por José Sócrates aos deputados e ao Presidente do Parlamento nem a demissão do próprio Manuel Pinho. De tal forma que se continua a malhar forte e feio no Governo e no Primeiro-Ministro.


Já dissemos que a cena não deveria ter acontecido mas a verdade é que aconteceu. Houve falta de respeito, foi um acto leviano, irreflectido, indigno, infeliz, insólito, o que quiserem. Mas chega, o caso foi resolvido, bem e com prontidão. Acabou.


Mas acabe-se também com tanta hipocrisia. Sobretudo quando se sabe que muitos outros casos foram tão ou mais graves que o presente e não tiveram repercussões que se assemelhem a este.


Para terminar, uma vez que o assunto está morto e enterrado, é bom que olhemos para o que aconteceu com outros olhos, de preferência de uma forma mais bem-disposta.


E, como é hábito, os humoristas portugueses não perderam tempo.