terça-feira, abril 10, 2007

Lições de Português (!)


Como ontem referi, no hotel que em ficámos instalados, nos arredores de Salvador da Bahia, durante as curtas férias que fizemos, havia a preocupação de fornecer diariamente aos seus hóspedes um folheto com a indicação de todas as actividades e animação programada para o próprio dia, uma secção de cultura e uma outra secção em que se tentava ajudar os turistas, traduzindo de inglês para português expressões e termos mais usados no dia-a-dia. E faziam-no tendo em conta duas particularidades. Quer procedendo à tradução dos termos para uma utilização mais formal e séria dos mesmos, quer traduzindo as tais expressões para um tipo de linguagem que bem poderemos chamar de calão, ou de gíria, quanto muito.

E por ter achado muito curiosos os termos em calão, resultantes da tradução inglês/português (brasileiro) que se ouvem correntemente no Brasil, apontei alguns deles, que considerei mais engraçados.

Aqui estão alguns exemplos:




How are you? - E aí?

I’m fine, thank you - Beleza, valeu

Get mad with - Pirou

That is right - É isso aí!

May I help you? – O que está pegando?

Are you ok? - Você está legal?

Group of persons - Galera

I have to go - Vou partir!

I like you! – Você é massa!

I love you! – Eu te adoro!



Beleza, galera. Show de bola!

4 Comments:

At quarta-feira, abril 11, 2007 12:45:00 da tarde, Anonymous porcos no espaço said...

Lindo! Assumem abrtamente que não sabem falar outra língua além de brasileiro e ainda brincam com isso.

Nesse capítulo batem-nos aos pontos.

 
At quarta-feira, abril 11, 2007 3:51:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Dar aos turistas uma tradução para linguagem corrente de expressões comuns em inglês é assumir ignorância?
Mostra conhecimento, pois vão muito além da tradução literal e é uma forma divertida de tentar integrar os turistas.
Falam um português diferente do nosso? Obviamente e ainda bem, a língua não é algo estático.

 
At quarta-feira, abril 11, 2007 4:53:00 da tarde, Anonymous porcos no espaço said...

Facto: os brasileiros são daqueles povos sem o mínimo jeitinho para línguas, e, um pouco como nós, têm bem presente o espírito do desenrasca.

Não estou a dizer que não saberiam traduzir convenientemente estas expressões, só achei piada terem traduzido directamente para o português corrente.

Esse sentido prático (embora às vezes demasiado ligeiro) e bem humorado como forma de resolver algumas situações é típico de brasileiro.

(Agora, isso de tentar integrar os turistas é que já é meio romance.)

Valeu, tá?

 
At quarta-feira, abril 11, 2007 5:20:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Eu acho as expressões muito bem traduzidas, muitas vezes não faz sentido uma tradução literal.
Isso q não têm jeito para linguas é preconceito. O que pode acontecer é grande parte da população não ter educação.
O primeiro passo de integração de estrangeiros é ensinar o calão. Em qualquer lado :)

 

Enviar um comentário

<< Home