quarta-feira, outubro 28, 2009

A diferença

Se calhar não repararam. Talvez até nem se recordem do que aconteceu há quatro anos. Provavelmente não é importante.

Mas eu lembro que em 2005, aquando da tomada de posse do primeiro Governo chefiado por José Sócrates, enquanto os membros do Governo cessante e os representantes dos órgãos de soberania assistiram à cerimónia sentados, o então Presidente da República, Jorge Sampaio, e os membros do novo executivo, ficaram de pé.

Esta semana, porém, e pela primeira vez na História, os presentes na tomada de posse do XVIII Governo Constitucional, também liderado por Sócrates, todos estiveram sentados, todos mesmo, incluindo o Presidente da República e o Primeiro-Ministro.

Achei sensata esta medida e eles terão achado mais cómodo e … mais prudente. É que as emoções destes actos às vezes pregam partidas. Que o diga Cavaco Silva quando, precisamente numa cerimónia destas, se sentiu mal e desmaiou.