quarta-feira, julho 27, 2011

Até que enfim!



Não é todos os dias (aliás, é raríssimo) que um Ministro se disponha a ir a um aeroporto para receber uns quantos portugueses que se destacaram numa competição lá fora. A exemplo, aliás, do que acontece com a maioria da população que, de uma forma geral, se está nas tintas para aqueles que, nas várias actividades, conseguem atingir a excelência fora (e dentro) de fronteiras. A excepção resume-se aos adeptos do futebol que raramente deixam os seus créditos por mãos alheias, isto é, enchem as zonas de chegada dos aeroportos para saudar os seus clubes, nomeadamente a rapaziada do norte que tem tido muito mais razões para festejar do que os do sul.


Como referi, não é normal que um Ministro vá receber uma equipa (ou uma personalidade) vencedora numa competição internacional. Mas às vezes o improvável acontece. Há dias o novo Ministro da Educação e Ciência – Nuno Crato - recebeu no aeroporto de Lisboa a comitiva que concorreu às Olimpíadas Internacionais de Matemática. Uma equipa fantástica que conseguiu uma medalha de ouro e duas de bronze. Feito inédito e valoroso de que nos devemos orgulhar.


E devemos, também, aplaudir, a presença do Ministro. Se para alguns a sua atitude é considerada populista, para mim, ela representa o reconhecimento oficial de um governante que quis publicamente dar o devido relevo ao mérito daqueles jovens. É um estímulo que lhes deve ter sabido bem e que demonstra que, cá no burgo, ainda há quem se preocupe com outras coisas para além do futebol. Até que enfim!