segunda-feira, julho 11, 2011

Somos LIXO ?????????????????


Bem sei que o comentário feito pelo José ao post publicado na última sexta-feira se integrava num outro contexto, mas à sua pergunta “Unanimidade é coisa que exista?” quase que sou obrigado a responder que sim, que existe, pelo menos em relação à reacção portuguesa e europeia à descida do rating de Portugal para uma categoria considerada "lixo". Classificação essa que nos deixou muito abalados. Ninguém gostou que nos considerassem LIXO! Aliás, esta foi, indiscutivelmente, a palavra mais utilizada na semana passada e, quem sabe, se não será a que mais peso terá nos próximos tempos em Portugal e lá fora.

Na verdade, foi violenta a reacção da maioria dos políticos, dos economistas e da generalidade das pessoas ao considerarem que se tratou de uma medida injustificada face aos compromissos que assumimos com a troika e face às medidas duras já anunciadas pelo recém-empossado governo com maioria parlamentar. Para a maioria dos cidadãos, houve arrogância e análise superficial e ignorante por parte da agência de notação.

Pode até ter havido todas essas coisas mas o que, quanto a mim, está por detrás de tudo isto são os interesses (os ganhos) dos clientes destas agências (e delas próprias) que assentam num princípio bem definido “quanto mais um país e as suas grandes empresas correrem o risco de não pagar, mais estes senhores ganham”. Como disse José Gomes Ferreira num comentário recente “só os ingénuos é que podem pensar que estas descidas de rating têm a ver com critérios puramente técnicos”. Portanto, e sejamos claros, existe especulação pura e dura. Isto, claro está, para além da guerra suja entre o euro e o dólar, em que o primeiro se valoriza consistentemente em relação à moeda americana e, portanto, há que, de uma vez por todas, dar cabo do euro através da liquidação dos alvos mais fáceis, para já a Grécia, a Irlanda e Portugal. E não julguem que estou para aqui a magicar uma teoria da conspiração, porque ela – a conspiração - existe mesmo.

No meio da tormenta, em que parece que toda a gente anda enjoada mas onde ninguém toma medidas, houve uma acção levada a cabo pela agência de publicidade BBDO Portugal a que achei imensa piada. Em protesto contra o corte de notação que nos classificou em “lixo”, os criativos da BBDO encheram um saco de lixo verdadeiro e enviaram-no pelos correios para a sede da Moody’s, nos Estados Unidos. Todo o processo foi gravado em vídeo que está disponível no YouTube - http://www.youtube.com/watch?v=Y3hnH1ezHzY – que é acompanhado pela música 'Fuck You', de Cee Lo Green. Uma nota final para a última imagem do vídeo. Uma frase, uma mensagem bem conseguida, em minha opinião:

“Working to improve our rating

Assinada: Portugal”