quarta-feira, maio 23, 2012

Preparem-se para mais austeridade

Sei bem que as promessas da generalidade dos políticos não são para levar a sério. Pelo contrário, quando prometem qualquer coisa o melhor é ficar atento por que, regra geral, eles fazem exactamente o contrário. “Gato escaldado de água fria tem medo”, como se costuma dizer.

Ainda recentemente o Ministro das Finanças, Vítor Gaspar, rejeitou a ideia de que o Governo tenha que adotar este ano novas medidas de consolidação orçamental. Se bem entendi Gaspar, o que ele disse é que não haverá mais austeridade este ano. Palavra de Ministro.

Pois é, só que agora a OCDE diz que, apesar de Portugal ter feito uma grande consolidação orçamental em 2011 e que este ano ainda vai ser maior, todo esse esforço não vai impedir que o PIB português vá encolher 3,2 por cento este ano e volte a cair 0,9 por cento em 2013. Números que são mais pessimistas que as previsões feitas pelo Governo de Passos Coelho. E mais prevê a OCDE: Portugal não vai cumprir qualquer das metas previstas pela coligação que nos governa.

Se estas projecções da OCDE se concretizarem, lá vão aparecer novas medidas de consolidação orçamental para além das previstas no programa da 'troika'. O que quer dizer, esqueçam as promessas feitas por Vítor Gaspar e preparem-se para mais austeridade.

E eu que pensava ter ouvido algures que já não seria possível sobrecarregar mais o pobre cidadão …