quinta-feira, abril 12, 2012

O 28 da Carris


Quando ontem me referia à falta de soluções (óbvias) para muitos problemas que existem por aí, estava também a pensar no conhecido eléctrico da carreira 28, aquele que é considerado como um passeio obrigatório pelas ruas da capital. Uma volta desde as colinas à baixa, através das casas pombalinas, das igrejas, das ruas da Lisboa antiga e, sempre que possível, com um olhar sobre o Tejo, sobretudo nos dias de maior luminosidade. Um passeio fundamental para os nacionais e para os estrangeiros que já trazem no seu roteiro de visita uma viagem no “28 da Carris”.

O pior é que nessas viagens também vão outros “passageiros” que não estão ali propriamente para admirar a paisagem - são os carteiristas. Todos os dias são apresentadas queixas de roubos verificados naquele eléctrico. TODOS OS DIAS, repito. E as autoridades já identificaram muitos desses ladrões mas tudo continua na mesma. Porquê?

Não haverá a possibilidade de viajarem ali dois ou três polícias fardados para dissuadir os meliantes? Ou dois polícias à paisana que consigam apanhá-los em flagrante? Ou uma equipa com agentes fardados e à paisana que acabem de vez com a situação?

Como é possível que não se consiga acabar com um esquema que se verifica há anos, com todos os prejuízos daí decorrentes? É absolutamente necessário que a Câmara Municipal de Lisboa, a PSP ou a Polícia Municipal, o exército, o Governo, eu sei lá quem, façam alguma coisa para acabar com os carteiristas do 28.

Se o problema está identificado, se já sabem que os “artistas” são portugueses, romenos e russos e se em muitos casos até se conhecem as personagens, do que é que estão à espera?

1 Comments:

At terça-feira, fevereiro 11, 2014 5:57:00 da tarde, Blogger IVANCEZAR said...

Fui roubado no 28 durante minha estancia em Lisboa em janeiro/2014. A viagem foi o presente de 15 anos da minha filha e tivemos de restringir todo nosso passeio ... limitações até em lugares onde comer ... enfim, estragou nosso passeio pela Europa. Confesso que voltei MUITO DESCONFIADO da cumplicidade de outros atores com esses ladrões , pois não é aceitável que um Bonde elétrico circule com aquela quantidade de pessoas, sem limites de lotação ...a CARRIS é conivente com isso. Fomos muito mal atendidos após a roubo e até a Polícia parece ter nos "culpado" pelo acontecido. Desisti até de registrar a ocorrência. Uma vergonha para uma cidade tão linda como Lisboa,

 

Enviar um comentário

<< Home